23 outubro 2008

Batalha dos Navegadores


Com tantos navegadores lançados e que estão lançando a todo momento, você já deve ter se perguntado: “Qual é o melhor navegador, o mais seguro e o qual vai atender minhas necessidades?” Eu mesmo já me fiz essa pergunta, por isso, vou dizer os pontos fortes e os pontos fracos de cada um deles: Internet Explorer 7, Mozilla Firefox 3.0 e o Google Chrome.

Vários outros sites estão fazendo estes comparativos, mas só aqui você encontra este teste com todos os detalhes!

Internet Explorer 7.0

Lançado em sua primeira versão em agosto de 1995, o aplicativo viria a se tornar um verdadeiro sucesso entre os usuários até os dias de hoje, mantendo-se como líder em utilização, fator que se deve, em grande parte, ao fato do aplicativo sempre vir incluso nas versões do Microsoft Windows.
OBS: Espeta a Microsoft, né?! Coloca o IE no Windows, porque sabe que muitas pessoas não conhecem ou não sabem o que são navegadores e "acaba" ficando com ele...

Sem grandes atualizações à cinco anos, diversas falhas de segurança e somada a falta de novos recursos e flexibilidade, deixou a porta aberta para outros navegadores, que pela primeira vez na história do Internet Explorer começa a ter concorrentes competentes e destinados a ganhar o mercado. Isso fez com que a gigante Microsoft a colocar suas forças para recuperar o tempo perdido e oferecer um navegador de melhor qualidade.

O aplicativo é um dos mais pesados para rodar, em geral 30% a mais que as médias conferidas no Firefox e Opera. No entanto, ele abre as páginas da web com velocidade superior a todos os outros navegadores testados, exibindo os sites de forma rápida e uniforme.

Novos Recursos

Visual: Moderno e simplificado

A interface gráfica do Internet Explorer 7 foi refeita para tornar a vida do usuário mais simples de usar , que por sinal, é muito mais bonita do que as versões anteriores. Aquele monte de botões e menus que ocupavam a parte superior do navegador e, que muitas vezes atrapalhava a visualização dos sites, ficou embutida em pequenos botões estrategicamente colocados ao lado das abas para facilitar a navegação.

Botões reduzidos deixam o visual moderno
(Fonte: Baixaki)

Os botões Avançar e Voltar estão mais bonitos e ficam ao lado da barra de endereços de forma bem visível. Ao lado dela está o campo de pesquisa - novo no IE - onde você pode selecionar seu tipo de buscador favorito: AOL, Google, Live Search, Yahoo!, Lycos, etc. Nele também é possível pesquisar conteúdos em todos os sites que contenham sistema de busca, como por exemplo, o eBay, Mercado Livre, Wikipedia, MTV, Microsoft, Baixaki e qualquer outro portal!

No canto inferior direito existe um botão de zoom para aumentar e diminuir as páginas navegadas. Os favoritos estão no canto esquerdo sob a forma de uma estrela, contendo seus websites prediletos, feeds RSS e histórico de navegação. Tudo mais organizado e agradável para uma boa experiência na web.

Navegação por abas: O Internet Explorer não soube evoluir sozinho!

O IE não soube evoluir sozinho e teve que copiar alguns recursos. Para não perder parte de seus usuários seu principal concorrente, o Firefox, teve que copiar - uma boa idéia - : A navegação por abas.

Ao lado esquerdo das abas, existem ainda dois botões muito úteis: o primeiro fornece uma página com miniaturas de imagens de todas as páginas que estão abertas e o segundo um menu "dropdown" para você escolher rapidamente em qual delas deseja ir, caso haja muitas abas abertas.

Feeds

Obter as notícias mais fresquinhas pela internet também ficou mais fácil, pois o novo Internet Explorer 7 suporta feeds RSS. Assim basta você assinar os feeds de todos os seus portais favoritos e acessar as últimas novidades no navegador instantaneamente.

Segurança

Uma das melhoras mais enfatizadas pela Microsoft nesta nova versão foi em relação a segurança pessoal do usuário. Para isto uma nova arquitetura foi implementada com antiphishing, a qual nos protege de sites fraudulentos.

Filtro reforçado para detectar sites falsos
(Fonte: Baixaki)

Impressão de Páginas: Causava dor de cabeça!

Outra melhoria foi em relação à impressão de páginas, que na versão anterior muitas vezes saía cortada na impressora e causava dores de cabeça. Agora os textos são automaticamente redimensionados (diminuídos) com ajuste de margem, personalização de layout, remoção de cabeçários/rodapés e espaço de impressão configurável.

Add-ons

O Internet Explorer é um programa que se integra ao sistema operacional Windows, e por isso ele utiliza diversas arquivos do sistema, fato que torna-o restrito para a adição de complementos. Diferente do Firefox e do Opera, o IE não trabalha com arquivos internos para os complementos, e deste modo, qualquer add-on que você deseje instalar, terá de ser adicionado ao Windows e não ao navegador. Você pode adicionar diferentes utilitários para o Internet Explorer, baixando-os separadamente neste site: Clique aqui.

Com tudo isso se percebe que o Internet Explorer 7 chegou para acirrar a disputa entre os navegadores e quem ganha com isso somos nós, os usuários!

Mozilla Firefox 3.0

Lançado em 2003, o Mozilla Firefox já é o segundo navegador mais utilizado no mundo, perdendo apenas para o Internet Explorer. O aplicativo sempre trouxe mudanças e inovações que facilitam a experiência do usuário com ele, o que justifica seu sucesso no mundo todo.

O Mozilla Firefox é um dos navegadores de maior sucesso entre os internautas, sendo uma das melhores opções para você navegar na internet — e pode ser utilizado simultaneamente com o Internet Explorer ou qualquer outro navegador.

A terceira geração do navegador da raposinha traz mudanças e novidades há tempos aguardadas. São inovações em aspectos de interface, rapidez e melhoria no gerenciador de downloads, extensões (plugins) e muito mais.

Novidades na Versão Final

Interface e melhorias

Uma modificação já percebida nas versões Beta do Firefox 3 é referente ao mecanismo de layout, substituída pelo Gecko 1.9, que afeta a forma de renderização de gráficos e textos, melhorando o desempenho, estabilidade, simplificação de códigos e suportes aos padrões da internet (ainda mais com os desenvolvimentos da Web 2.0). Em outras palavras, aumenta a velocidade do aumento nas páginas.

A desvantagem desta mudança fica em relação à incompatibilidade do software com Windows antigos, afetando usuários do Windows 95, 98 e ME, visto que o navegador não pode ser mais instalado nestes sistemas operacionais.

O suporte ao JavaScript 1.8 também está melhorado. Isso significa uma melhor execução de funções como vídeos, Flash e muito mais. Outra modificação encontrada na nova versão do Firefox refere-se aos botões na Barra de Navegação. Para cada sistema operacional, no caso: Windows XP, Vista, Mac ou Linux, os botões para Avançar e Voltar apresentam cores diferentes.

Botões diferentes para cada Sistema Operacional.

(Fonte: Baixaki)

Abas e Caixa de Endereços


Uma novidade que pode agradar a muitos usuários é a possibilidade de salvar o conteúdo das abas ao fechar o navegador. Até as versões anteriores, o Firefox guardava as páginas quando acontecesse erros no programa ou o computador era reiniciado, contudo se você apenas fechava o navegador, ele limpava o conteúdo das abas abertas. Agora, em qualquer ocasião, todo o conteúdo em uso poderá ser recuperado, sempre.

Para que você não precise recorrer tanto ao Histórico das páginas visitadas, a Barra de Endereços do Firefox apresenta uma característica peculiar: basta que você digite uma palavra-chave ou um trecho de uma palavra disponível no endereço que você tenha acessado e, instantaneamente, uma lista com as opções se abre para facilitar sua pesquisa. É a novidade mais interessante do software, uma vez que facilita a busca das suas páginas prediletas.

Isso significa que se você lembra o nome da página em que estava navegando, mas esqueceu o link dela, basta digitar partes do seu nome na barra de endereços. Em questão de segundos, o Firefox exibe todos os links que contenham aquelas palavras, o que é de extrema utilidade.

Dentre os recursos disponíveis, estão as opções para editar o nome do site, movê-lo para uma subdivisão específica (que pode ser na Barra ou no Menu de Favoritos). Aparentemente simples, este recurso novo oferece ao usuário muito mais praticidade, além de menos cliques, para se adicionar uma página aos Favoritos do Firefox.

Gerenciador de Downloads

O Mozilla Firefox 3.0 também apresenta mudanças e novidades em seu gerenciador de downloads, agora melhorado e com possibilidade de inclusão de tags (com buscador) para os downloads — além de possuir um sistema para verificação automática dos arquivos, usando o antivírus escolhido pelo usuário.

Gerenciador de downloads.
(Fonte: Baixaki)

Outros recursos da versão:


  • Maior facilidade para localização de arquivos baixados anteriormente: você pode escolher o diretório para armazenar os arquivos baixados, tornando a localização deste mais rápida e intuitiva.
  • Backup e restauração para os favoritos: para garantir que seus Favoritos estejam com você em qualquer lugar e em qualquer navegador, você pode fazer cópias de segurança e exportá-los para outro aplicativo.
  • Melhores diálogos sobre segurança: sem vocabulários rebuscados e pouco compreensíveis, as caixas de diálogo apresentam uma linguagem simples e direta.
  • Barra de Pesquisas redimensionável: se você gosta de realizar pesquisas na internet, usando combinações de palavras-chaves ou frases imensas, poderá redimensionar o tamanho da Barra de Pesquisa para um que melhor se adaptar à sua necessidade.

Aumente a Barra de Pesquisa.

(Fonte: Baixaki)

Segurança


Os usuários ainda vão encontrar melhorias em relação à segurança, visto que a versão 3 do Firefox contém aplicativos para verificação e identificação, bem como ferramentas para garantir uma navegação segura, protegendo seu computador contra malwares. O Mozilla Firefox 3 apresenta total integração entre o antivírus instalado em sua máquina, bem como com os programas de gerenciamento de downloads, não deixando nenhuma ameaça passar despercebida.

Eficiência e Personalização

O navegador continua a oferecer suporte para a instalação de complementos de maneira simples, para você dar um “plus” e personalizar este espaço tão utilizado diariamente. Estes Add-ons são instalados com menos cliques, tudo para facilitar sua vida e garantir que você possa configurar o Firefox como preferir.

Para melhorar o acesso, o site Mozilla Addon foi reformulado, apresentando suporte ao idioma português. Deste modo, você pode verificar todo o conteúdo, realizar pesquisas sobre os complementos desejados para configurar completamente seu Firefox. Em um menu lateral encontram-se todas as categorias disponíveis (mais de 15 no total).

A velocidade de navegação também oferece um desempenho melhor, utilizando menores recursos de memória (nada muito significativo). Confira agora o novo Firefox, já disponível no idioma português, trazendo conceitos e tendências novas de navegação na internet.

Como não achei nenhuma "revolta" dos seus usuários - eu sou um deles - não vou postar nenhuma crítica, até mesmo para defender o meu navegador... Mas é sério: 64% de 1.805 votos (o que é muito) acham o Firefox EXELENTE, ou seja, entorno de 1155 pessoas, enquanto o 34% de 645 votos - cerca de 219 pessoas - acham o IE exelente - pouco para o principal e o mais conhecido navegador...

Google Chrome 0.3.154.3 Beta

Pegando todos de surpresa, o Google lança o seu browser e com o slogan "...Um navegador feito para tornar a web mais rápida, fácil e segura com um design minimalista que não atrapalha você".


E cadê as inovações?

Para tornar o desempenho do JavaScript mais rápido, o Chrome apresenta uma máquina virtual intitulada JavaScript V8. Este recurso foi totalmente construído para o navegador e poderá, posteriormente, ser disponibilizado para os demais navegadores. Com esta máquina, o carregamento de formulários e a própria utilização de ferramentas web em geral ficará muita mais rápido, tornando a navegação dinâmica.

As abas

A navegação por abas é uma das funcionalidades mais usadas pelos usuários de navegadores. As “tabs” do Chrome chegam com um toque peculiar e especial. Saindo da tradicionalidade, ao abrir várias abas, estas se localizam na área superior da janela, e não embaixo da Barra de Endereços, como comumente são visualizadas.

O novo layout do Chrome é moderno e limpo.

(Fonte: Baixaki)

Outro fator de destaque em relação às abas é que agora cada uma delas funciona como um “sandbox”, ou seja, elas trabalham independentemente. Sabe quando isso será útil? Imagine-se com dezenas de abas abertas e, de repente, um desses sites trava. O normal seria reiniciar o navegador por completo, entretanto, no Chrome, apenas esta aba que travou será fechada, não influenciando as demais.

Proteção contra as ameaças


As tentativas de ataque phishing são constantes na internet. Para reduzir a probabilidade de cair em uma enrascada deste tipo, o Chrome faz uma atualização periódica com a lista de sites considerados perigosos, reduzindo a chance de infecção nas máquinas dos usuários. Contudo, segundo a própria Google, esta segurança redobrada pode apresentar falhas caso o usuário instale plugins adicionais no navegador.

Quem já conhece o Opera sabe como a página inicial dele funciona, o Chrome segue a mesma linha. Trabalhando como se fosse um termômetro da internet, a tela inicial do navegador mostra os sites mais visualizados. Com imagens em miniatura, você também poderá conhecer ou simplesmente acessar esses sites “top” em páginas visualizadas.


Ainda na tela inicial do Chrome é possível verificar um histórico com as pesquisas recentes feitas pelo usuário, controlando e até mesmo continuando uma busca feita anteriormente. Outro recurso disponível é uma relação com as páginas salvas nos Favoritos, bem como com as abas fechadas recentemente. Todos esses recursos facilitam muito a navegação, e ajudam o usuário a lembrar de algo que fez recentemente.

Eu, particulamente, não gosto deste tipo de página incial, pois se você necessita de privacidade ou até mesmo entra em alguns sites encondidos (seja ele pornográfico ou simplismente o orkut etc) não terá a privacidade desejada e poderão te descobrir :(.

Velocidade surpreendente


Sites que possuam grande quantia de imagens ou que tenham seu conteúdo mostrado com a tecnologia Flash, em geral demoram muito para carregar, mas não é o que acontece com o novo Google Chrome. O navegador não precisa de nada especial para utilizar conteúdos em Flash, sendo necessário apenas já ter pré-instalado o plugin da Adobe, ou instalá-lo posteriormente.

Aparentemente, o “motor principal” de funcionamento do Mozilla foi bem aproveitado pela equipe da Google, pois na maioria dos casos ele apresenta um grande ganho no carregamento das páginas. Além do carregamento mais rápido, o Google Chrome utiliza um sistema diferente para trabalhar com a memória RAM do sistema. Abrindo vários processos, o navegador faz com que a memória do computador seja liberada com mais eficácia e maior velocidade ao serem fechadas diversas abas.

Cadê os menus??

Google Chrome tem um recurso bem curioso, chamado: navegação anônima. Como o próprio nome diz, este recurso serve para que você navegue tranquilamente e para que não tenha a preocupação de ter alguém bisbilhotando posteriormente nos sites em que você navegou.

Apesar do nome “anônimo”, não significa que os sites que você visite não saberão seu IP (endereço único de cada computador na internet). Na realidade é um modo voltado para usuários que procuram por privacidade, digamos que você deseja comprar um presente, mas o aniversariante utiliza o mesmo computador, simples, use o modo anônimo e esconda os sites visitados.

Nova janela anônima

(Fonte: Baixaki)

O recurso fica disponível no menu “folha”, e a opção que você deve acessar é a “Nova janela anônima”. Esta opção também pode ser acessada através do atalho: “Ctrl + Shift + N”. Lembra-se ainda que há grande semelhança entre este recurso e o modo “In Private” da nova versão do Internet Explorer 8.


Buscas mais rápidas


Agilize as buscas
(Fonte: Baixaki)

Suponha que você tenha efetuado buscas previamente no site de vídeos Youtube. Um dos recursos que o Google Chrome proporciona para agilizar mais a sua navegação é justamente relativo às buscas, ou seja, após a primeira visita, o navegador armazena o campo de buscas e facilita o processo para você. Para fazer buscas diretamente no mesmo site, você só tem de digitar o nome do site (neste caso: youtube) e então apertar a tecla “Tab”. Automaticamente o Chrome adiciona uma caixa de buscas na barra de endereços, e você só deve digitar o que deseja procurar.

Além disso, não existe a "Barra de Pesquisa". Se você quizer pesquisar alguma coisa, terá que escrever na Barra de Endereços e ele pesquisará no Google (Óbvio).

Testes Finais
Velocidade

Para muitos usuários é a velocidade apresentada ao exibir sites e imagens pelo navegador. Neste aspecto, o Internet Explorer foi considerado o mais rápido, com exibições praticamente instantâneas em diversas páginas testadas, mesmo naquelas que nunca foram abertas pelo navegador.

De modo parecido como aconteceu no teste de consumo de memória, o Firefox obteve resultados muito semelhantes em questão de velocidade na navegação. O Google Chrome apresentou os piores resultados. Vale salientar que as diferenças encontradas foram mínimas, chegando, em muitos casos, a décimos de segundo.

Interface


Um dos grandes desafios das desenvolvedoras em criar um bom navegador é elaborar uma interface agradável, que consiga aliar belos menus, botões e estilos à funcionalidade e facilidade de acesso e percepção de suas funções pelo usuário, sem que tudo isso pese demasiadamente no computador.

Todos os aplicativos apresentam facilidade no acesso de suas principais funções, exibindo, com poucas grandes diferenças, as mesmas possibilidades e botões essenciais para a navegação. O grande destaque para esse quesito é para o Google Chrome, que retirou elementos desnecessários existentes nos outros navegadores, aplicando um visual limpo e agradável.

Testando com o Acid

Este seria o resultado ideal para o Acid3.

Os desenvolvedores do teste Acid para navegadores buscaram padronizar os elementos mais utilizados em sites, criando um teste que mostra a real compatibilidade dos browsers em diversos aspectos referentes à navegação. O índice vai de zero a cem, em que um valor máximo indicaria um navegador totalmente compatível com os padrões atuais da Web.

Os navegadores Firefox, Opera(não postado) e Chrome obtiveram resultados muito semelhantes no teste, alcançando as notas 71, 84 e 78, respectivamente. Ao testarmos a versão Beta 2 para o navegador da Microsoft, obtivemos míseros 21 pontos de resultado, apresentando quase total incompatibilidade com o teste.

E afinal, quem ganhou a disputa??

Depois de tantas qualidades, defeitos (e algumas críticas), os 3 maiores navegadores da atualidade, são muito semelhantes em eficiência, rendimento e peso para o computador, por isso, só você usuário que decidirá qual será o seu navegador.

O Firefox inova com as novas pesquisas na barra de endereços, enquanto o Chrome exibe um visual limpo e muito atrativo. O IE é levemente mais rápido para abrir as páginas, mas pesa mais que todos os outros em memória (cerca de 30% a mais que o Firefox).

As novas versões e correções para os navegadores continuam saindo a cada momento, em uma tentativa de aprimorar as qualidades e diminuir os problemas que eventualmente possam acontecer na navegação.

E quem ganha com isso somos nós, porque temos várias opções, cada uma com suas características, seja ela boa ou ruim.

Confira os recursos e o que os outros usuários acham sobre os melhores navegadores da atualidade e escolha aquele que melhor atende às suas expectativas!

Para baixar o Internet Explorer 7, clique no botão abaixo:

Para baixar o Mozilla Firefox 3, clique no botão abaixo:

Para baixar o Google Chrome, clique no botão abaixo:

Ratings by outbrain